Question of the Day. II

A: Close your eyes for 1 minute. Listen carefully. What do you hear closest and what farthest? Write it down please.
B: Your favourite rural and urban sound is:
Why?

Esteban: someone putting shoes on – people talking
Urban: when you can hear the sound from a far away festival
Rural: sounds of nature blending into one unique orquestra

Ana: the wind in my ears –  a car coming around a steep corner
Urban: the sound of the subway approaching, exciting, compelling and never consistent. I want to make art about it.
Rural: the absence of sound,  when the wind isn’t blowing through the trees, the birds aren’t squaking, the leaves aren’t crunching. Then the silence is really full. The moment slows, the min dis quiet, there is just being.
Odwa: people talking – the high pitch of a moving car
Rural: chicken sounds waking me up
Urban: sound of a car giving me a sense of movement

Teya: laughter, deep and loud – street noise and footsteps getting softer and softer
Urban: rain hitting the pavement, following a power outage in the middle of the night
Rural: sound of nocturnal animals waking up at night and crunching footsteps in the bush behind the house

Marie-Lena: voices, laughter, screaming – cars, police
Urban: tram passing my appartment making me feel home
Rural: wind in the trees, making me calm and showing me everything is connected

David: people talking – noises of cars
Rural: calm nature sounds, bringing me down, relaxing
Urban: sound of music, making me happy

Melih: conversations – construction works, cars driving away
Urban: loud engines of fast and strong cars, it thrills me
Rural: singing birds and rain hitting leaves, it is so relaxing

Dariya: people’s loud voices – the city breathing
Rural: My own echo on a big lake, this is magic, you manifest yourself on the other side of the lake and you are answered by yourself
Urban: (let’s imagine I am from Accra) the early morning melody of the garbage machine witin the regular morning traffic, it goes like this: laaa – la – la – la  – a chinese melody in Africa.

Fecha os teus olhos por 1 minuto e oica cuidadosamente:
A: Qual e o som mais proximo e mais distante que ouves?
B: Escreva quais sao os teus sons rural e urbano.

Julio:

urbano: som de caminhada, ritmo de uma guitarra – vozes e sons dos colegas que vem em forma de ruidos – os motores dos caros e motas, multidao falando diferente e cirenes. Porque os sons resultam num sem ordenamento e para quem pretende explorar sempre alcanca um resultado diferente porque os dias nao sao os mesmos.
rural: canto do galo, dos passoros, agua, som do cotono, som dos aparelhos e principalmente o som do silencio. Porque primeiro esses sons tem uma base que eu denominaria silencio e que faz muito bem. Ao som dos animais nos ajuda a perceber que o sol ja rolou , enquanto o das arvores pode facilitar perceber a direcao do vento e ajuda a relaxar a mente e a agua tema afectacao para varios aspectos.

Domingos Bie: dos carros, musica alta, barrulho das pessoas – um som classico
Quando fecho os olhos por um minuto vejo um som de marrabenta
Os sons urbanos sao aqueles que quando tocam provocam muito barulho como musica de diso ou Dj
Os sons do rural para mim sao aqueles que dao paz.

Estreante:
Rural: som das arvores. O porque nao sei explicar, mas quando oico sinto a forca da natureza, sinto-me bem, sinto-me vivo, sinto a vida.
Urbano: Pessoas cantando. Nao gosto do som urbano, mas no esforco encontro a musica.

Daniel:
Sons urbanos que eu gosto sao dos carros e does dos caes.
Sons do rural  que eu gosto sao das arvores, das cristas quando brincam, dos passaros.

Osvaldo: O som mais proximo que encontro quando fecho os olhos e de agitacao total do corpo e o som mais distante e de tranquilidade do espirito.
No rural o meu som preferido e a oralidade nas linguas maternas, no  urbano e o silencio criado pelo individualismo das paredes, da mente.

Edna: O som mais perto e do vento, o mais distante e o som de aviao.
Urbano: som do xipamanine, (e uma mistura de historias).

Sumalgy: Som do mar, barrulho de carros.
Som favorito Rural: Passaros, som das arvores porque e sensacao de paz; Urban live music .

Matanyane: O som mais proximo e a natureza e o som mais distante e o grito mau.
Os sons rurais xigumbaza, passada e hip hop
Urbano: Airobi, passada, hip hop, raggy, porque tudo me conjuga com varios movimentos

Benilde: Os sosns que escuto sao: som dos caros em movimento; som de alguns passos de danca. Som de algumas pessoas a falar.
O som urbano favorito e o barulho dos caros, as bozinas. Estes sons me refletem ao desenvolvimento.
O som rural favorito e o som das plantas, das criancas na areia a brincar.

Eugenio: O seom mais distante que ouco  e o abanar da mente que contem um som calmo, suave de muitas indecisoes.
O som mais proximo que oico e uma conjugaco de varios sons quem e impedem de ser o que sou.
No rural eu gosto da suavidade dos sons que a natureza nos proporciona, o abanar das arvores, o canto dos passaros, a musica dos rios correndo a natureza.

Kommentare sind deaktiviert.